Conheça os benefícios da cromoterapia para a saúde física e mental


Você sabia que é possível gerar sensações de bem-estar e equilíbrio mental através das cores? E até mesmo aliviar sintomas de depressão, insônia ou angústia? A cromoterapia, tratamento pelas cores, é a responsável pela harmonização entre o mental, físico e espiritual do indivíduo.


Originada há milhares de anos, a cromoterapia teve início em civilizações do Egito, índia e China. Sendo utilizada de formas distintas por cada população até evoluir para o que conhecemos hoje.


No Egito, por exemplo, após serem diagnosticados com alguma doença, os egípcios utilizavam janelas de cristais para filtrar a luz do sol, e assim, uma determinada cor era emanada pelos raios solares para o tratamento.


Os indianos usavam pedras preciosas compostas por raios que representavam as forças da natureza. Já na China, a cromoterapia começou em 2.700 A.C., quando os chineses utilizavam alimentos coloridos para o equilíbrio emocional.



Reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde), desde 1976, como terapia complementar, a cromoterapia auxilia na medicina convencional, contribuindo diretamente com a reenergização e o equilíbrio emocional, físico, espiritual e psicológico. Além disso, pode ser utilizada de diversas formas, por exemplo, lâmpadas, cristais, meditação, cores de ambiente, roupas ou alimentação.


Nesse sentido, em 2018, o Ministério da Saúde, através da portaria n.º 702, reconheceu a cromoterapia como medicina complementar e a integrou ao SUS (Sistema Único de Saúde), em seu artigo 2.º, anexo 4: “As possibilidades de aplicação são muitas podendo ser utilizada de modo associado a outras terapias (...)É um recurso que tem história bem definida, não invasiva, segura e com relatos clínicos de eficácia apresentado em estudos antigos e atuais, passível de incorporar benefícios ao Sistema Único de Saúde.”



Sendo assim, para reconhecer e fomentar os benefícios da cromoterapia à saúde física e mental, durante este artigo você saberá qual a função das cores no organismo, e também, a opinião de especialistas.


Boa leitura!



Benefícios da cromoterapia

Considerada um tratamento integrativo, a cromoterapia deve ser utilizada como um complemento à prática convencional, física ou mental. Nesse sentido, quando autorizada pelo médico ou psicólogo responsável, a cromoterapia auxilia em tratamentos, como:



  • Ansiedade

  • Depressão

  • Estresse

  • Hiperatividade

  • Insônia

  • Úlceras

  • Queimaduras

  • Infecções de pele, e outros.


Segundo o livro, Cores que Curam, de André Furlan, a cromoterapeuta Etles Maziero, afirma que o método pode ser utilizado em pacientes de quaisquer idades: "Tenho utilizado na orientação dos pais e no tratamento de crianças com hiperatividade e até com diagnóstico de estresse. Para minimizar isso, o ideal é fazer uso de cores mais leves, de azuis e tons pastéis como rosa, creme e verde-claro."


Além disso, Etles ressalta que antes de iniciar o tratamento, cada paciente é analisado individualmente. Por meio de uma anamnese, a terapeuta personaliza o atendimento conforme as necessidades físicas ou emocionais do paciente.


Sendo, aplicações diárias ou semanais, respeitando a gradatividade das projeções luminosas, que variam entre 5 a 30 segundos na pele a uma distância de 10 cm.


A cromoterapia na medicina

Em 2004, o cientista Flávio Calazans realizou uma pesquisa com 22 mil médicos, em todo o Brasil, para comprovar a eficácia da cromoterapia em tratamentos patológicos.


De acordo com os resultados, 95% dos médicos aprovam a utilização do método e atestam a evolução clínica dos pacientes. Além disso, o pesquisador identificou efeitos fisiológicos e emocionais decorrentes do tratamento. São elas:


  • Vermelho: Revigora o sistema sanguíneo e tecidos. Estimula o sistema nervoso, auxilia na recuperação do cansaço. Em excesso, pode gerar mau-humor e dores de cabeça, pacientes com insuficiência cardíaca apresentaram sensibilidade à cor.

  • Laranja: Em razão do aumento da vitalidade do sistema nervoso, o laranja pode ser utilizado para o tratamento contra a depressão e ansiedade. E também, prisão de ventre, infecção urinária e doenças renais.

  • Amarelo: Além de auxiliar na concentração dos pacientes para a realização dos procedimentos, o amarelo combate a hepatite e doenças no baço, diminuindo a pressão arterial e auxiliando o fortalecimento dos tecidos.

  • Verde: O verde contribui na tranquilização do paciente e auxilia à cicatrização do pós-operatório. Abaixa a febre, acelera o metabolismo e destrói células mortas e doentes.


Vale ressaltar, que existem pacientes com dificuldade na realização de algumas tarefas, aparentemente, simples; como, tomar banho, escovar os dentes, vestir uma roupa… Para auxiliá-los, o terapeuta ocupacional realiza atividades que estimulam o desenvolvimento dessas habilidades.


A Dra. Eliane Dias de Lima Castro, afirma que a cromoterapia contribui neste desenvolvimento, e também, em habilidades psíquicas, sociais e na promoção do autoconhecimento:


“As atividades têm um lugar especial, pois garantem a expressão daqueles indivíduos e grupos que estiveram impedidos de fazê-lo por diversos motivos; auxiliam no desenvolvimento de habilidades e no processo de construção de linguagens; participam da estruturação e transformação do cotidiano; promovem autoconhecimento, favorecem práticas grupais; são propulsores de projetos e instrumentos para a inclusão social e cultural da população atendida.”


Conheça o significado das cores na cromoterapia

Composta pelas cores vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil (ou índigo) e violeta, a função das cores, na cromoterapia, é reequilibrar o organismo, harmonizando os pensamentos e as emoções do paciente. Pois, o desvio desses elementos contribuem negativamente com o desenvolvimento de doenças.


Para que o tratamento seja eficaz é necessário haver o estímulo correto das cores, conforme a sua função no organismo. As ondas luminosas são emitidas através de lâmpadas específicas, ou outro objeto utilizado pelo terapeuta, que agem na frequência correta das cores. Conheça agora o resultado em nossa saúde.


Vermelho: Estimulante, o vermelho libera adrenalina. Minimiza dores nas articulações e resfriados. Auxilia no combate à impotência sexual, falta de libido e fraqueza, além de aumentar a circulação do sangue.


Laranja: Reduz crises respiratórias, cistos nos ovários e aumenta a produção de espermatozoides. Estimula o intestino preguiçoso e auxilia na digestão, criatividade e otimismo.


Amarelo: Indicado para tratamento de manias, ansiedade, angústia, obsessão e falta de confiança. Equilibra a produção de hormônios, reduz o cansaço. Além de ser um estimulante do sistema nervoso.


Verde: Estimula a memória e age como um equalizador de hormônios, aliviando a insônia. Em tratamentos terapêuticos, estimula a auto-estima, minimizando o complexo de inferioridade.


Azul: Age como um calmante reduzindo à ansiedade. Auxilia no tratamento de pressão alta, irritabilidade, alcoolismo, taquicardia, obesidade e insônia. Ajuda nas cicatrizações de pequenas feridas e soluços.


Anil: Utilizado em ferimentos graves e no tratamento de doenças oculares, como, glaucoma e catarata. Minimiza casos hemorrágicos e hemorroidas, e também, estimula o sistema nervoso.


Violeta: Possui ação calmante. Auxilia no tratamento de pneumonia, tosse, irritação de pele. Minimiza crises afetivas, como, a carência, remorso e culpa, além das crises de personalidade.



Pudemos observar que a cromoterapia não deve ser considerada uma pseudo-ciência, pois, sua utilização tem resultados comprovados e atestado por médicos e terapeutas. Entretanto, o tratamento cromoterápico não pode substituir a medicina convencional, nem mesmo fazê-lo sem a indicação do médico responsável.


Vale ressaltar, que antes de iniciar o tratamento é fundamental verificar a qualificação do profissional, e também, se existe alguma contraindicação. Por exemplo, portadores de epilepsia não podem realizar o procedimento, devido à sensibilidade as luzes. Após as devidas verificações, encontre uma clínica de confiança e inicie o seu tratamento.



Se você é cromoterapeuta e está querendo montar ou renovar a sua clínica, nós da Hidrocia, trabalhamos com materiais de qualidade pensados na saúde e bem-estar dos seus pacientes. Entre em contato nesse link e verifique condições. Não esqueça de compartilhar este conteúdo com seus colegas.





9 visualizações0 comentário